segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Parceria: Leonardo Barros

Olá leitores, como vocês estão?

Hoje, estou aqui, para anunciar que o blog renovou a parceria com o autor Leonardo Barros e estou muito, muito feliz, de verdade.

Quando fiz um post anunciando o lançamento do livro O Vampiro Imperador aqui no blog, eu já estava louca para ler a história e eu não sabia que o autor abriria inscrições para parceria com esse livro e quando ele anunciou, eu não perdi tempo, no mesmo dia já preenchi o formulário para renovar essa parceria que estou amando. Para quem ainda não sabe, eu já resenhei um dos livros do Leonardo aqui no blog, Presságio - O Assassinato da Freira Nua, depois deem uma olhada lá.

Então, vamos conhecer um pouco da história do novo livro desse talentoso autor? Vamos lá...


Sinopse: Drucila é uma linda jovem romana, casada com o médico do imperador Nero. Diante da ausência do filho, que nunca chega, ela decide entregar-se a um culto proibido de fertilidade, ato que inicia sua ruína e que terá relação direta com sua transformação em vampira. Ciente de seu poder, ela resolve dominar Roma e não mede esforços para consegui-lo.

As intenções de Drucila só poderiam ser ameaçadas por alguém que, assim como ela, fosse imortal. Nas noites de lua cheia, Dotan, um dos principais generais da confiança de Nero, prende a si mesmo com grossas correntes de prata a fim de evitar que o lobisomem, criatura na qual ele se tornou há milhares de anos, domine-o e destrua tudo o que vir pela frente. 

O derramamento de sangue se torna um pesadelo constante. A cidade caminha, a passos rápidos, para um longo período de escuridão. Seu futuro será decidido pela luta entre o bem e o mal. Seu presente é o palco de mortes, lutas e paixões descritas de maneira surpreendente e engenhosa no texto de Leonardo Barros.



Autor: Leonardo Barros é médico formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. É autor do romance erótico “Amor de Yoni” (publicado em 2008); do suspense policial “O Maníaco do Circo – e o menino que tinha medo de palhaços” (publicado na XIV Bienal do Livro Rio, em 2009); da comédia “Saúde, Beleza, Prosperidade e Riqueza” (publicação independente, 2010); da comédia “Solteiro Em Trinta Dias - Receitas de sucesso de um ex-otário” (publicado em 2011) e do suspense policial “Presságio – O assassinato da Freira Nua” (publicado pela Novo Século Editora, em 2012). “O Vampiro Imperador – Da destruição de Sodoma ao incêndio de Roma” é seu sexto romance.








Vocês podem adquirir o livro através dos seguintes links, é só clicar:

O autor está sempre em sintonia com seus leitores! Encontre-o nas redes sociais e conte-lhe o que achou do livro.
Facebook ▬ Twitter  Instagram  leobarrosescritor@gmail.com

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

[Minhas impressões] A Escolhida

Olá leitores, como vocês estão?

Prometo que vou parar de pedir desculpas pela falta de tempo, mas tá tudo muito corrido. Vou formar daqui 10 meses na faculdade (realizar meu sonho *-*) e sou presidente da comissão de formatura, então estou meio agarrada. Mas, vem muita coisa boa para o blog e em breve algumas postagens bem legais. Hoje, vou falar um pouco sobre um livro que degustei a pouco tempo e irei compartilhar com vocês minhas primeiras impressões da história. Vamos lá...

Autora: Amanda Ághata Costa

A HISTÓRIA:

Sinopse: Em uma cidade repleta de pessoas desconhecidas, Ari poderia ser apenas mais uma garota dispersa na multidão, como tantas outras que foram abandonadas pelos pais desde a infância. Devido à sua aparente doçura e beleza, ninguém seria capaz de supor que, além de um anjo, ela também é um demônio com sede de poder. Os espertos deveriam manter-se distantes, mas há olhares que não deixam de admirá-la. Egran não desperdiçaria a chance de apoderar-se de habilidades tão interessantes: ela é a escolha perfeita. Entretanto, nem todos se sentem realizados. O círculo seria um refúgio ideal para os demais feiticeiros, se o próprio líder não os tratasse como marionetes descartáveis. Movidos pelo medo e controlados pelo mestre, os componentes do grupo obedecem, sem pestanejar, às ordens recebidas. Ao se ver arrastada para lá, Ari se encontra diante de situações improváveis, arriscando-se a expor mais do que gostaria. Para ela, sentir é algo que sempre esteve fora de seus limites. Não poderia vivenciar qualquer forma de emoção, esta era a promessa. Até que Luke surge em seu caminho e abala as estruturas congeladas, derretendo-as e modelando novos conceitos. O amor realmente fará brotar a alegria? Ou irá arrastá-la diretamente para a morte? O passado obscuro de Ari será o suficiente para fazê-la estilhaçar de uma vez por todas, não restando oportunidades para uma nova tentativa de se isolar do mundo.

MINHAS IMPRESSÕES:

Gente, eu li apenas o prólogo e o primeiro capítulo do livro, uma degustação que a autora disponibilizou e, posso dizer: essas poucas páginas fez com que eu queira ler de qual quer forma esse livro. Mas, vamos lá, vou dizer quais foram as minhas primeiras impressões.

Já no prólogo, pude perceber que Ari, é aparentemente uma garota linda, um anjo com espírito de demônio e sede de morte. Ela não tem amigos, foi abandonada pelos pais e vive apenas com Lina, uma moça de bom coração que à acolhe.

Depois de algumas cenas sem entender ao certo, quem ou o que, é a Ari (lógico, que eu estava pensando em várias possibilidades), foi no final do primeiro capítulo que descobri, o que poderia ser a garota e foi ai que eu já apaixonei só por essas primeiras páginas e preciso muito, muito mesmo do restante da história.

A primeira impressão que tenho, é que a história de Ari, vai ser sombria, mágica e envolvente. Com toda certeza, como eu já disse mais de uma vez nesse post (só pra dar mais enfase a minha necessidade. Sim, é essa a palavra) eu preciso ler o restante da história, preciso saber o que vai acontecer. O primeiro capítulo termina muito misterioso e quero saber o que vem pela frente. Prevejo que viciarei hahaha.

Então minha gente, essa foi minhas primeiras impressões do livro A Escolhida. Espero que vocês tenham gostado. Se quiserem conhecer um pouco mais sobre a história, entre no site da autora, clicando aqui, vai lá e sinta a necessidade de ler o livro, como eu. Não esqueçam de deixar o seu comentário *-*.

Beijos, até mais!

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Parceria: Thaís e Amanda

Olá leitores, como vocês estão? Eu estou mega feliz e vou contar para vocês o motivo.

O blog fechou mais uma parceria, dessa vez com as lindas Thaís e Amanda Alves, autoras do livro "A Última Página". Vamos conhecer um pouco da história e um pouco sobre as autoras.


A Última Página


Sinopse: Melissa Micthell, uma jovem de apenas dezessete anos disposta a lutar pela sua independência, decide ir em busca de seu grande sonho: cursar uma boa faculdade e tornar-se uma escritora.

Em meio a tantos altos e baixos, ela não desiste, larga o conforto de sua casa em Skagway, Alaska para morar num subúrbio em Los Angeles, pois acredita que lá terá mais oportunidades. Mesmo com a desaprovação dos pais, ela segue seu coração e busca o seu lugar no mundo. O que ela não imagina é que encontrará bem mais do que o esperado. Um bom trabalho, verdadeiros amigos e um grande amor que a obrigará a decidir o que realmente quer da vida.

Até quando o amor poderá superar as diferenças? Embarque com ela nessa linda história! É garantido que você irá querer ler até a última página.

"É uma dor inexplicável, lembrar de todos aqueles momentos e saber que jamais voltarão."


Para que vocês conheçam um pouco mais sobre o livro e possam comprar na Pré-Venda, aqui estão alguns links que vão ajudar:


Autoras

Thaís Alves, T. Alves, nascida em 18/10/1994, escreve desde os onze anos. Considera-se uma menina sonhadora e sempre batalhou para alcançar seus objetivos. Além de seu amor pelos livros, ela é fascinada por música — cantar a faz relaxar e lhe traz inspiração. Pretende cursar jornalismo, mas quase tudo é incerto em sua vida. A única certeza que tem é que escrever está e sempre estará ocupando um lugar de destaque no topo de suas prioridades!












Amanda Alves, A. Alves, natural do Rio de Janeiro, RJ, nasceu no dia 06/05/1998 e desde muito cedo gosta de escrever. Sonho, essa palavra resume esse passo que agora foi concretizado, mas que há muito parecia ficção. Como uma leitora nata, está sempre disposta a se deleitar com mais um prato cheio que é a literatura. O futuro é incerto, mas escrever sempre será seu hobby favorito.












Para quem for à Bienal do Livro do Rio de Janeiro, passem no estande da Editora Angel, elas vão estar lá fazendo uma sessão de autógrafos.


Além de escreverem um livro juntas, elas também escrevem para o blog Contos de Escritores, passem lá para conhecer:




Estou super feliz em poder divulgar o trabalhos dessas duas lindas e espero, de coração, que o livro seja um grande sucesso. 

Não se esqueçam de deixar o comentário de vocês ai em baixo, me digam o que acharam *-*.
Beijos, até mais!

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Lançamento: FUGITIVOS

Olá leitores, como vocês estão?

Hoje eu vim divulgar mais um lançamento incrível para vocês. Dessa vez, o lançamento é do livro do autor Carlos Barros, FUGITIVOS. Vamos conhecer um pouco da história e do autor que, é mineirinho, como eu hahaha.

Para quem é daqui de Minas, vai rolar uma apresentação do livro na livraria Leitura, do BH Shopping.



Sinopse:

De onde vem a amizade? O que é necessário para se ter uma vida melhor? Caio, um carioca de 15 anos, perdeu os pais em uma tragédia e foi morar com a avó em Belo Horizonte. Traumatizado pelo incidente que vitimou sua família, ele não tem mais desejo de retomar sua vida. Até que conhece Fernanda, uma menina de 15 anos, que protege o irmão Jonas, de 11 anos, do temperamento violento do pai. Ao mesmo tempo, Caio fica amigo de Gabriel, um rapaz de 17 anos, e Bianca, a irmã de 5 anos. Os dois perderam a mãe, por ela ser viciada e ter sofrido uma overdose, e o pai está preso. Ficam sob a tutela da Justiça e do irmão mais velho, de 20 anos, que apoia o pai em planos escusos para melhorarem de vida. Em Fugitivos, acompanhamos o amor nascer entre Caio e Fernanda, sentimento que será o catalisador de uma briga que colocará em risco a segurança dos dois, e a força da amizade que surge entre os cinco jovens, de forma tão intensa que o drama de cada um deixa de ser individual e passa a ser de todos. No momento em que suas histórias se misturam, eles precisam fugir para salvarem suas vidas. Nessa corrida emocionante, que atravessa os estados de Minas Gerais, Bahia, Alagoas e Pernambuco, mais de dois mil quilômetros, iremos descobrir seus sonhos, seus medos, suas tristezas e suas alegrias, tudo envolto por muito suspense, perigo, romance e reviravoltas surpreendentes.

Biografia: 

Carlos Barros cresceu na cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais. Quando concluiu o Ensino Complementar, impulsionado pela vontade de conhecer novos lugares, decidiu ingressar na faculdade de Ciências e Tecnologia de Lisboa, Portugal, onde escreveu pequenos contos de ficção, narrativas sobre obras de arte e artigos para o jornal acadêmico. Permaneceu no país por 5 anos, período em que fez praticamente de tudo para conseguir sobreviver e pagar seus livros, desde redações pagas por colegas de sala, monitor colegial, garçom e desenvolvedor de sistemas de informática. Foi nessa última profissão que conseguiu um sustento maior. De volta ao Brasil, ingressou em uma grande empresa de Belo Horizonte e prosseguiu com uma carreira voltada para a tecnologia, onde chegou a ganhar o prêmio iBest de melhor site do país. Entretanto, as histórias de ficção, que povoavam sua mente desde a época colegial, nunca deixaram de crescer. Em 2015, finalizou seu primeiro romance: Fugitivos. 

Redes Sociais do Livro:

Redes Sociais do Autor:

E então gente, o que vocês acharam da história? Parece ser muito legal, não é mesmo? Estou doida para conhecer os personagens e me envolver com a história. Fora que eu amei que Minas e Belo Horizonte passará pelo livro, Uai! *-*

Beijos, até mais!!

domingo, 9 de agosto de 2015

[Resenha] O Pequeno Príncipe

Autor: Antoine de Saint-Exupéry
Páginas: 93
Editora: Agir

Sinopse: Livro de criança? Com certeza. Livro de adulto também, pois todo homem traz dentro de si o menino que foi. Como explicar a adoção deste livro por povos tão variados, em tantos países de todos os continentes? Como explicar que ele seja lido sempre por tantos milhões e milhões de pessoas? Como explicar a atualidade deste livro traduzido em oitenta línguas diferentes? Como compreender que uma história aparentemente tão ingênua seja comovente para tantas pessoas? O Pequeno Príncipe devolve a cada um o mistério da infância. De repente retornam os sonhos. Reaparece a lembrança de questionamentos, desvelam-se incoerências acomodadas, quase já imperceptíveis na pressa do dia a dia. Voltam ao coração escondidas recordações. O reencontro, o homem-menino.





"É bem mais difícil julgar a si mesmo que julgar os outros. Se consegues fazer um bom julgamento de ti, és um verdadeiro sábio." Página 39

O Pequeno Príncipe começa com uma história de um adulto, contanto sobre o seu primeiro desenho enquanto ainda era uma criança e fala sobre a primeira frustração que sofreu ao mostrar esse desenho a um adulto, o desencorajando de continuar a desenhar. 

Passou o tempo, a criança cresceu e virou um piloto de avião. Até que um dia, o seu avião deu uma pane e ele teve de fazer um pouso de emergência no deserto do Saara. O piloto estava sozinho e sua água acabaria em poucos dias, ele precisava concertar o motor do avião antes disso acontecer.

Foi nessa jornada que ele conheceu o Pequeno Príncipe, um homenzinho que fazia muitas perguntas e nunca desistia delas se não obtivesse resposta. Ele vinha de um planeta minusculo, queria conhecer outros lugares.

O piloto e o Pequeno Príncipe passaram todo o tempo juntos, sobrevivendo no deserto. E é durante esse tempo que grandes história e aventuras vão surgindo.

" Não passo a teus olhos de uma raposa igual a cem mil outras raposas. Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás para mim único no mundo. E eu serei para ti única no mundo..." Página 66

O Pequeno Príncipe é uma história infantil, tão ingênua e ao mesmo tempo tão grandiosa. Poucos são aqueles que não se apaixonaram por esse clássico da literatura. Comigo não foi diferente, estou encantada.

A história de Antoine, deixa uma lição muito linda para os leitores. As vezes, não percebemos os pequenos detalhes que estão a nossa frente, é algo chamo de "cegueira inatencional". Ocorre quando só enxergamos aquilo que está explicito, talvez, por causa da correria do dia a dia ou qual quer outro motivo.

"Eis o meu segredo. É muito simples: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos." Página 70

Não tenho muito o que falar dessa história. Super recomendo, só assim para entender melhor essa lição de vida. Minha nota então, não pode ser menor que...

Nota: 5/5

Espero que vocês tenham gostando, deixem ai em baixo o que vocês acharam. Beijos, até mais!!

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Especial: Heróis - Homem de Ferro

Olá leitores, como vocês estão?

Novamente voltou a falta de tempo gente, as aulas da faculdade voltaram e estou doida atrás de um emprego, por isso eu não estou postando muito aqui. Mas, eu tive uma ideia, meio que do nada, de fazer um especial e enquanto estava escrevendo, tive uma outra ideia. Então, apresento a vocês a nova coluna do blog: Especiais. Meio vago né? Deixa eu explicar...

Não determinei um período de pastagens,  mas vou postar aqui no Traveling alguns "Especiais". Hoje por exemplo, vou falar sobre um herói que eu gosto. Na próxima semana, ou algum outro dia, vou falar sobre uma série, sobre um autor, sobre um livro, sobre um filme, uma banda, em fim... deu pra entender mais ou menos, né? Então, vamos ao post de hoje.



Acho que já mencionei algumas vezes aqui no blog o quanto sou apaixonada por heróis dos quadrinhos, então, vou falar sobre um dos meus preferidos hoje: Homem de Ferro.

O Homem de Ferro, é um dos personagens da HQ da Marvel Comics. O Homem de Ferro, na verdade é o grande Gênio, Bilionário, Playboy, Filantropo... Tony Stark. 

Como Tony se tornou o Iron Man?

Depois da explosão de uma granada, onde estilhaços se alojaram próximo ao seu coração. Ele foi levado a um líder que o obrigou a construir uma arma, porém, ele criou algo muito mais poderoso. Algo que permitisse que ele se mantivesse vivo e derrotasse esse cara e os soldados que o capturaram.

Desde de então, ele vem fazendo várias modificações na sua armadura, adotando as cores vermelho e dourado como padrão. 

Por qual motivo eu gosto tanto do Homem de Ferro?

Porque ele é o Gênio, Bilionário, Playboy, Filantropo das histórias em quadrinhos hahaha. O Homem de Ferro é, com toda certeza, meu herói preferido. Seu personagem é incrível, tanto nas HQs, quanto nos filmes. É impossível não se apaixonar pelo seu jeito playboy.

Para que não conhece a história, eu recomendo muito, porque é simplesmente incrível. O que eu estou comentando aqui, não é nem um terço da história genial que é contada nas HQs.

Então gente, esse foi o primeiro "Especial" aqui do blog. Serão posts pequenos como este, contanto apenas um pouquinho de cada coisa, para que assim vocês fiquem curiosos para conhecer mais. Espero que vocês tenham gostado e aguardem os próximos.

Beijos, até mais!!