sexta-feira, 26 de agosto de 2016

[Resenha] Quebra de Confiança


Autor: Harlan Coben
Páginas: 272
Editora: Arqueiro

Sinopse: No primeiro caso de Myron Bolitar, Harlan Coben nos faz mergulhar na indústria do sexo e nos negócios escusos por trás da contratação de grandes atletas. Este é um momento importante na carreira de Myron Bolitar. Depois de agenciar alguns atletas pouco conhecidos, ele agora é o empresário de Christian Steele, a maior promessa do futebol americano de todos os tempos. Talentoso, bonito, centrado e carismático, tudo indica que o rapaz também poderá arrematar milhões em contratos de publicidade.

Mas, ao mesmo tempo que vive o auge na carreira, Christian enfrenta um drama na vida pessoal. Um ano e meio atrás, sua noiva, Kathy Culver, desapareceu subitamente e, exceto pelos fortes indícios de que tenha sofrido uma agressão sexual, a polícia não conseguiu descobrir nada sobre sua última noite no campus da Universidade Reston.

Prestes a ser contratado em uma negociação que pode ser a maior de todos os tempos em sua categoria, Christian recebe o exemplar de uma revista que traz a foto de Kathy em um anúncio de disque sexo. Além disso, o caso acaba de ganhar mais um ingrediente de terror: três dias atrás, Adam Culver, pai dela, foi morto em um assalto bastante suspeito.

Agora, com a ajuda de Win, seu melhor amigo, Myron tentará impedir que as notícias sobre a ex-noiva de Christian atrapalhem a carreira do rapaz e irá em busca da verdade – doa a quem doer.
Myron Bolitar é um agente de atletas. Um de seus clientes é o talentoso jogador de futebol americano, Christian Steele.

No auge de sua carreira, Christian tem que enfrentar um drama terrível. Sua namorada, Kathy Culver, desapareceu misteriosamente, deixando como pista apenas sua calcinha, o que indica que ela possa ter sido vitima de  um crime sexual.

O jogador, recebe uma revista que possui uma foto de Kathy nua, em um anúncio de disque sexo. Apavorado e com esperanças de que sua namorada possa está viva, ele pede a ajuda de Myron para tentar encontrá-la.

O pai de Kathy foi assassinado em uma suposta tentativa de assalto, pouco tempo depois da morte da filha. Jessica Culver, irmã de Kathy, acredita que o pai não foi assassinado em um assalto e que os casos podem está ligados, por isso, também pede a ajuda de Myron.

Myron e Win, seu melhor amigo, entrarão em universo de jogadores, empresários, times, prostituição e universitários para desvendar esse mistério, que é bem mais sério do que eles imaginam, principalmente depois de uma outra morte.

"Kathy Culver não estava morta e enterrada. Havia retornado, como um fantasma, assombrando-o, gritando de algum outro mundo.
Clamando por vingança."

Quebra de Confiança é o primeiro livro que leio do autor Harlan Coben e eu diria que não tive uma primeira boa impressão. Minhas expectativas com a leitura em si, não era muito alta, mas com o autor sim, me recomendaram várias vezes os livros dele porque sou fã do gênero policial.

A história não tem muitos elementos ruins, porém é uma leitura que não prende. Há muita narração sem sentindo que não agrega muita coisa ao contexto da história. Então em algumas partes você vai se cansando e não tem vontade de passar para o próximo capitulo, porém, como em todo livro policial, você quer saber o desfecho da história, quem é o culpado, o que aconteceu com a vitima ou algo do tipo, por isso eu continuei lendo até o final.

Falando nisso, o final é bem surpreendente e confesso que não esperava. O lado bom dessa história é isso, os fatos não são previsíveis, porém é uma enrolação até eles conseguirem juntar as peças do quebra cabeça e desvendar o mistério.

Quebra de Confiança também tem um toque de humor sarcástico que, em algumas partes, achei bem forçado e em outras, realmente engraçado.

O personagem principal, que é o Myron Bolitar, é um personagem bem construído, juntamente com o seu companheiro Win. Os dois formam uma dupla bem diferente e engraçada, eu gostei muito.

"[...] Kathy. Sua irmã mais nova. A irmã que tinha sorriso luminoso. A irmã que ela amava...
A irmã que você deixou se afastar. A irmã em cuja cara você desligou o telefone, impaciente, na noite em que ela desapareceu." 

Ao todo não é uma história ruim, só é meio cansativa e por isso eu não vou dar nota máxima. Mas, eu recomendo para quem gosta do gênero, afinal é bom tirar nossas próprias conclusões.

Nota: 3/5

domingo, 21 de agosto de 2016

Revista Conexão Literatura - 14ª edição

Olá leitores, como vocês estão?

Hoje venho aqui, super atrasada, para compartilhar com vocês as novidades da 14ª edição da revista Conexão Literatura, que já adianto, está incrível!


Para começar, a revista trouxe, nesta edição, uma entrevista muito legal com a cofundadora da rede social mais amada pelos autores, o Skoob. Ela conta como surgiu a rede e mais algumas novidades sobre a corujinha. Além de comentar sobre a atualização do aplicativo de celular da rede social, que por sinal está muito melhor, apesar de alguns bugs.

Gente, vocês não tem noção da minha felicidade quando eu vi na coluna "Conexão Nerd" sobre nós, blogueiros literários. A revista trouxe alguns entrevista com blogueiros desse nicho e amei ter visto blogs que eu conheço e acompanho.

Nesta edição vocês ainda irão encontrar mais algumas entrevistas maravilhosas e interessantes, além de contos, novidade de lançamentos e muito mais.

Para baixar a revista é só clicar aqui. Tenho certeza que vocês irão amar essa 14ª edição, principalmente se vocês forem fãs o Skoob, como eu,


Baixe já a sua, aproveita, é gratuito!

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

[Resenha] Nildrien - O Pergaminho


Autor: Manoel Batista
Páginas: 586
Editora: Talentos da Literatura Brasileira - Novo Século

Sinopse: Em um mundo de fantasia medieval, o despertar de uma poderosa energia em uma caverna milenar e remota faz com que os mais poderosos reinos de Nildrien se mobilizem para conseguir o artefato portador do poder: um antigo pergaminho criado pelo maior de todos os magos, contendo feitiços capazes de afetar o equilíbrio mundial. Sem poder enviar seus mais experientes e poderosos membros, resta às forças de reinos aliados formarem um grupo de jovens aventureiros para enviá-los ao maior desafio de suas vidas: uma aventura entre guerreiros, magos e monstros que dividem um cenário onde o fantástico e a magia se mostram mais presentes do que nunca. Uma jornada que mudará para sempre a vida desses jovens, repleta de drama, ação e humor.


"[..]Eram criaturas inteligentes e malévolas ao extremo. E, se sobrevivessem tempo suficiente para contar que se encontraram com um na Floresta das Sombras, seriam dignos de terem canções pelos bardos em seu nome.[...]"

Há um agitação anormal na Antiga Caverna, uma caverna que foi esconderijo do maior mago de toda Nildrien. Por toda a sua extensão pode ser sentindo uma poderosa energia. Isso começou quando um grupo de mineradores acharam a fonte desse poder. Agora, os mais poderosos reinos de Nildrien estão atrás de um artefato criado pelo mago que se escondeu nas profundezas da caverna, um pergaminho.

Nalim e Skyllus se uniram para impedir que o Asenhar, o reino das trevas, chegue primeiro a esse pergaminho. Para isso, Nalim convoca uma expedição a Caverna Antiga e reúne um grupo de 15 pessoas. Este grupo será liderado pelo nobre meio-elfo mago, Damian e terá como membros, a maga feiticeira, princesa da Luz, Lóri e suas duas acompanhantes, Karedrine, a clériga do amor e Myat, a maga da Luz; o meio-dragão Reks, discípulo de Haoru Tunhak (um dos maiores heróis do mundo na última grande guerra contra Asenhar); o paladino da Luz, Kylet e suas protegidas, Ylis a clériga da paz e Verônica a clériga da Luz; Hanns, o meio-demônio guerreiro do gelo; a guerreira e oficial da guarda do reino de Nalim, Mistia; o meio-demônio paladino da justiça, Hant; os lutadores Mike e Histran; o guerreiro Karson e a maga, irmã de Damian, Marlin.

Eles partem juntos em direção a Caverna Antiga, uma aventura que será repleta de perigos e emoções. Poucos sabem os riscos que encontrarão nesta caminhada, mas estão dispostos a enfrentas grandes barreiras em nome de Nalim e Skyllus, para proteger Nildrien de um destino terrível caso este pergaminho caia em mãos erradas.

"- Sim, Mike, Você tem razão... É hora de afastar a escuridão de uma vez por todas."

Nildrien - O Pergaminho é um tipo de história que eu nunca esperava me envolver tanto. Primeiro pelo fato de ter tantos personagens envolvidos e eu fiz questão de colocar o nome dos 15 membros do grupo Nalim e Skyllus nesta resenha, porque eu me apaixonei por cada um deles, exceto por um, mas isso fica para quem decidir ler o livro. E segundo pelo tamanho da história.

O livro escrito por Manoel Batista é grande e quando vi as 586 páginas, eu dei uma assustada e fiquei com um pé atrás, não nego que a parte inicial da história é meio arrastada, mas isso é só no começo, antes do grupo partir rumo a expedição. Depois disso, é emoção e ação o tempo todo.

A cada capítulo o autor conta o que está acontecendo no grupo de Nalim e em um outro "grupo" que inda não citei aqui, deixarei para vocês descobrirem quem é no livro, e assim vai durante toda a história e a experiência foi bem interessante.

Durante a leitura, eu fui anotando pontos que fiquei com duvida e fui vendo se eu iria ter resposta ao longo das páginas, porque, sei lá, as vezes o autor pode esquecer de voltar a um fato que não foi solucionado, mas para a minha alegria o Manoel Batista respondeu todas as minhas duvidas, exceto por dois fatos, mas pelo que me pareceu, um desses vai ficar para uma continuação (se tiver) e outro, apesar de ter citado, me deixou com uma pulga atrás da orelha e eu acho que poderia ter sido mais explicado, mas sinceramente não é nada muito importante e não atrapalha em absolutamente nada.

Eu não consigo expressar com palavras o que eu senti lendo esse livro. Ele é cheio de emoções, eu senti a amizade do grupo de Nalim crescendo a medida que eles iam enfrentando os perigos, ficando mais fortes, fui me apaixonando pelo jeito de cada um, sentindo raiva de outros, senti medo por eles, em fim, é uma história que me envolveu muito e eu gostaria muito, muito, muito de uma continuação.

Eu só sou elogios para o autor e para essa história, fatos e batalhas muito bem descritas e detalhadas, realmente um livro muito instigante.
Esse livro me deu uma baita de uma ressaca literária, custei para  conseguir ler outro livro, até abandonei um que tentei ler depois dele.

Então, não resta duvidas quanto a nota, né?


Nota: 5/5